[18/02/2008] • 4 comentários


Aqui está o meu auto retrato - e isto é um auto retrato muito incompleto, peço desculpa (tenho uma avaliação importantíssima na 4a e depois não teria mais tempo) blablabla...

Toda a gente já conhece o meu cabelo sem ordem. Recentemente fui modelo num cabeleireiro fashion e agora tenho uma franja igualmente fashion (para uns, para a minha mãe é torta)
E o meu sorriso com os dentes todos - nunca percebi como poderia ser de outra forma - também vai sendo comentado.
Os únicos ornamentos que utilizo são o fio de lã na orelha, as vezes um fio de sementes que comprei em cabo verde (pelo menos o mais utilizado ultimamente...) - e também um fio de taizé no pulso e outro fio de lã também no pulso, que uma menina amiga me enrolou, quando fazíamos pulseiras com tranças de lã.
As borbulhas começam a aparecer por detrás da franja, já não sei se as hei-de descobrir,para sararem, se tapar, por vergonha.
E entretanto, sem que desse por isso, o meu guarda roupa foi-se enchendo de cores sóbrias!

O mote está dado. Aguardo as vossas obras!

4 comentários:

alx disse...

Já percebi como é que o "www.irmaolucia.blogspot.com"

faz o desenhos...

alx disse...

eu estou a tentar, mas em vez de auto-retrato, parece-me que explodiu uma granada mesmo nas minhas fuças... -e logo a mim que sou giro pa caraças!!!!


ehehehe

Fabi disse...

Eu confesso que também já tentei o auto-retrato, até já tenho assim um rascunho, mas... não quero acreditar que alguém me reconheça naqueles rabiscos (caso contrário, é mau sinal). Recordo-me de na aula de trabalhos manuais do meu 6º ano me terem dado como desafio fazer em barro uma figura do presépio. E, não sei bem porque razão, todos os que tiveram o privilégio de privar com o meu anjo, me iam dizendo coisas como "O teu macaco está engraçado, mas os presépios não têm macacos". Há pessoas sem capacidade nenhuma para ler uma obra de arte...

Ostógio disse...

loooool...tá fixe

Enviar um comentário