[14/02/2008] • 2 comentários

(Proposta da Fabi)


E se houvesse uma frase que descrevesse tudo o que encerro dentro de mim seria:


Por detrás das nuvens está sempre um lindo dia de sol.


Já nem sei se a frase é minha. À força de a repetir tantas vezes, perdi-lhe a autoria!!!

2 comentários:

Silverdrop disse...

Aqui ficam os "Se..." de uma intrusa bloguista ;) e parabens a todos pelo blog


Se eu fosse um cheiro seria o cheiro do banho com VASENOL. Sei que parece estranho, mas era o que usava quando era pequena (10 aninhos mais ou menos) e faz-me lembrar imenso esses tempos.
.
E se fosse um som seria o som da VOZ HUMANA, porque de todos os sons é aquele que mais anseio ouvir após um grande silêncio, porque é este o som que tem o condão de encher a alma.
.
Se tivesse de escolher uma música que cantasse toda a minha verdade: não há nenhuma música que cante a verdade da minha vida. A minha vida está além de uma letra de uma canção. O mais provável é que fosse um instrumental, e não uma música cantada…
.
E se escrevesse uma auto-biografia chamar-se-ia …sinceramente, não sei. Que tal “Fragmentos do meu ser”? Porquê? Porque uma autobiografia não passaria disso mesmo: fragmentos de mim mesma.
.
Se eu fosse uma causa/uma missão seria, ou melhor, serei aquilo que quero ser: EU MESMA. Acredito que todos nós temos um dom, algo que nos torna muito próprio, algo em que somos bons. Cabe a nós descobri-lo e tentar usá-lo bem: essa é a nossa missão.
.
E se fosse uma direcção seria em frente, porque é esta a direcção que procuro dar à minha vida.
.
Se me convidassem hoje para um baile de máscaras, o disfarce perfeito seria de PRINCESA porque desde pequenina tenho um fascínio pelos vestidos das princesas, cheias de folhos para rodopiar até não poder mais. É no que dá ver muitos contos de fadas da Disney. A diferença é que para ser um disfarce mesmo perfeito tinha d ir muito bem camuflada, tipo Cinderela, de maneira a que ninguém me reconhecesse.
.
Se fosse um calçado queria ser um par de TÉNIS porque só de os usar uma pessoa sente-se com vitalidade para correr pelo mundo fora.
.
E se fosse uma árvore seria a uma CEREJEIRA EM FLÔR, porque são bonitas e talvez porque nunca vi nenhuma :P
.
Das obras de arte que conheço, e ainda daquelas que já ouvi falar, queria ser “THE HEART REQUESTS PLESURE FIRST” tocada por mim num piano de verdade, porque é das músicas mais bonitas e profundas que conheço, porque a sei tocar (para minha grande felicidade) e porque ao tocá-la de corpo e alma consigo atingir uma sensação que só mesmo quem toca pode entender.
.
Se eu fosse uma palavra seria COMUNICAÇÃO porque é isso que mais faço. Podem-me chamar tagarela, até mesmo fala barato…eu simplesmente adoro comunicar.
.
Se fosse um verbo só podia ser FAZER, porque adoro dar uso às minhas mãos tão catitas. Quem me conhece sabe bem que sou impossível de estar parada, tenho de estar sempre metida num projecto maluco qualquer.
.
E se houvesse uma frase que descrevesse tudo o que encerro dentro de mim seria…bem e novamente não tenho frase capaz de tal coisa, mas aqui fica uma que ilustra parte de mim: “UM GRANDE HOMEM NÃO É AQUELE QUE SEMPRE VENCE, MAS SIM AQUELE QUE NUNCA DESISTE”.
.
Se eu fosse uma história infantil seria A BELA E O MONSTRO porque para mim não há história mais bonita do que um amor que está para além da beleza exterior.
.
E ainda se fosse uma personagem tirada de um filme/livro de desenhos animados seria KAORU do Samurai X. Quem conhecer a personagem sabe bem porquê.
.
Se fosse um personagem histórico seria EU MESMA. Posso não mudar a história da Humanidade, mas conto poder mudar a história de muita gente.
.
E se fosse uma cidade seria LISBOA. Acho que por voltas que uma pessoa dê ao mundo nada se compara aos recantos e encantos de Lisboa.
.
Se eu me pudesse sentar num sofá em qualquer parte do Mundo, o meu sofá (um belo divã bordeaux a combinar com o resto da decoração) estaria em MINHA CASA, ao lado da lareira. Aliás, esse é o meu cantinho predilecto de toda a casa. Para ser mesmo, mas mesmo perfeito só precisava de uma bela vista e de um piano de 1/4 de cauda preto ao pé.
.
Se eu pudesse escolher um momento da minha vida para ilustrar tudo o que sou, seria o momento em que vi e peguei na minha irmã pela primeira vez. Porque foi esse o momento em que senti algo único e maravilhoso que mudou toda a minha vida: ter uma irmã.


Bjs a tds ;) ***

alx disse...

fixe
sê bem vinda e vai aparecendo

Enviar um comentário