[01/02/2008] • 3 comentários

Cada dia é um dia, e cada dia nova etapa.
Se por um lado o simples acto de acordar já é só por si algo horrível, quanto mais não seja porque teima em se formar aquela pasta nhanhósa nos olhos, que insiste em não nos deixar esquecer o quão bem nos sentiríamos na cama, perdidos algures entre lençóis térmicos, por outro lado o levantar numa manhã fria é electrizante…quem não gosta de abrir os estores e ser automaticamente incendiado oftalmologicamente de forma TÃO Violentamente violenta que parece que os raios solares são afinal agulhas atiradas por um xinóca de forma continua e nada espaçada, na prática daquela arte que ele e outros tantos como ele foram apurando ao longo de séculos.…é fácil…eu... No entanto, acordar, abrir os estores e ser iluminado por um raio de sol (ou dois, não é preciso ser poupado até porque ele vai rebentar mais cedo ou mais tarde), enquanto se ouve o trovar de um passarinho ao mesmo tempo se abre a janela para dar uma festinha à borboleta (…confesso que até a simples ideia desta cena “tirada” do quadro do Génesis me INnerva e Enrrita o sistema que já foi calmo e agora deveria andar a xanax’s)…
Se formos a ver bem, a cena das agulhas projectadas por um homem com personalidade dúbia e ensinado na arte do bem fazer doer, e a cena angelical do bom trato matinal e a plena harmonia com todos os elementos criados pelo pai do JC (Salvo a Cunha…)..são exactamente a mesma, a única coisa que muda é a perspectiva que decidimos ou não adoptar. Senão vejamos, colocando lado a lado as cenas para facilitar:



Cena Idílica /vs/ Tratante

Acto de abrir os estores Acto Rejuvenescedor // Acto reflexivo

Observar o espaço exterior Constatar que a Natureza vive em Harmonia e que todos os seres se adoram (vê-se um pássaro a pedir encarecidamente à minhoca que o deixe come-la e só mediante a autorização desta é que tal acontece…) // , Faz sol ou faz chuva? Tá frio? É, parece tár frescote…

Decisões e planeamentos Vou abrir a janela e saudar o mundo que se me apresenta // Vou vestir roupa quente

Disposição criada Alegria, Aconchego, Ternura...Felicidade…ahhh !!! // ... A mesma que fiquei com que me levantei…



…tirando o facto da versão idílica ser altamente lamexas e abixanada (…saliente-se a referencia a um gato (bixano)…), existe algo que me salta à vista…o facto de uma das personagens ter ESCOLHIDO ver o lado bom das coisas, e outro ter decido ver o lado mau, ou simplesmente não ligar à possibilidade de escolha que teve…o que, apoiando-me nesse grande ditado popular “deus dá nozes a quem não tem dentes”, me faz concluir que o bacano lá de cima (o pai do JC, já falei dele apouco) , podia ter poupado bastante a distribuir o livre arbítrio, assim como assim existem pessoas que não o usam nas situações mais flagrantes.
Esta treta toda p’ra dizer, respondendo a quatro perguntas de uma assentada (1,2, 4 e 6) que adoro pequenos pormenores, quase tanto como adoro os grandes, que me INrrita solenemente o azedemume e amargura com que as pessoas escolhem por vezes viver as suas vidas, que acho que todos podiam melhorar isso se simplesmente quisessem, e que eu vou fazer um esforço maior para reparar nas coisas positivas ao invés das negativas…
Já dizia o outro (...o Ernesto...) “a vida é dura para quem é mole”, mas a vida não fica mole por ficarmos “duros”, fica sim uma g’anda seca, desprovida de tudo o que nos faz sorrir e nos faz sentir bem, não só com nós proprios mas também com os outros…Quantas pessoas se conseguem rir desmesuradamente das suas proprias piadas? (tirando os tolos) e nós? Ousamos sorrir mais ainda?? Até onde nos aguentam os maxilares??



Sei que me estiquei um pouco, mas já la vão quatro respostas, e além disso tô contente, o exame correu bem… :P

3 comentários:

Elsa* disse...

:):):):):):)

sabes que podias escrever um daqueles livros estranhos?

os teus 2 últimos parágrafos revelam-te! e comungo da tua razão! obrigada por a colocares por palavras!

beijo

Fabi disse...

Tu és fantástico!

Invejo a fluidez do teu pensamento e a criatividade das tuas palavras!

Queremos mais...

Gosto de ti!

Andreiita disse...

textos à Rafa... sempre com estes pequenos pormenores, certo? *
(falta-me ler o final do texto da tua agenda!!)

Rafa, eu sei que provavelmente ja sabes, mas... és meeeesmo complexo!!!

Enviar um comentário