[15/04/2008] • 10 comentários

Fico muito contente por ver que o desafio das "nossas estórias" e peripécias não acabou! Faz-nos tão bem recordar não? ;)
E para não variar muito em relação aos meus antecessores, vou contar um dos momento de um acampamento claro está! Lembro-me de mil assim de repente... mas aqui vai!
Este pequeno "grande momento" passou-se na Lousã, no primeiro Acampamento de Verão da Rita (a gémea) e da Carlita (a loira)! Já lá vão uns anitos... :p
Pois bem, depois de preparamos o belo do almoço para a malta toda, eu e a Eulália (lembram-se dela?) fomos tomar um belo banhinho numas casas de banho todas catitas, com chuveiros e água quente, espectacular não? heheeh claro que quem já nos conhece, sabe bem que por onde quer que andemos estamos sempre a trautear esta ou aquela música e a inventar vozes a ver se fica bem! Ou não!
Nesse dia, qual não foi o nosso espanto, quando saímos as 2 dos chuveiros estão 2 meninas lindas a olhar para nós com os olhinhos muito esbugalhados e a sorrir para nós! Primeiro pensei, barracada! Mas depois percebemos que elas estavam simplesmente deliciadas a ouvir-nos! =)Acabamos por ficar ali mais um par de horas a cantar para as meninas e a ensinar-lhes músicas "nossas"... Foi nesse momento também que percebi que sem dúvida valia a pena apostar no nosso Movimento, nas nossas vivências e forma de estar na vida tão particular... e percebi também que "A Fogueira" iria ser sempre uma das imagens de marca do nosso MCE =)
Ritinha... agora é contigo! *

10 comentários:

Andreiita disse...

a primeira vez que ouvi "A Fogueira" foi precisamente no MCE, nos primeiros tempos em que ainda estava a dar o primeiro passo no movimento (agora devo estar a aproximar-me do segundo!) Achei engraçado o teu comentário porque, de facto, para mim é uma das "imagens de marca do MCE" *

sorriso ! =)

Rita (a gémea) disse...

Um dos momentos mais marcantes da minha passagem pelo MCE e que eu conto tantas vezes :) Foi em Castanheira de Pera, amiga e foi completamente mágico!
Agora já é tardinho, mas prometo que amanhã deixo aqui a minha estória *

Carlita* disse...

Ai pá eu sou mesmo horrível! Só depois de publicar o post dei conta de que me tinha enganado... desculpa amiga, é lógico que me lembro que foi em Castanheira de Pera! Mas foram tantos os episódios e estórias que me perdi em pensamentos e recordações... foi um bom momento este confesso! A dificuldade foi escolher qual contar... =)
Está então reposta a verdade e veracidade desta estória! *

verita disse...

estou a ver que nos indrominam (é assim que se diz AP?) com a música da fogueira pra ficarmos no MCE!!

Andreiita disse...

"indrominam" ? ?
desculpa a minha ignorancia vera... mas isso quer dizer . . . (?)

Rafa disse...

penso que seja endrominam...eu costuma usar a expressão endróminado para rotular um bêbado ou alguem bebado de sono...ou cansado ou simplesmente aluado/azambuado..

"A fogueira"...potente...

Ostógio disse...

ya rafa...eu esta semana tenho andado "endrominado" quase todos os dias...eheh

verita disse...

Pronto, desculpem a minha inguenurancia. estas coisas acontecem!

Alx disse...

ENDROMINAR, v. t. Intrujar, trapacear, enganado.

Joaninha* disse...

Obrigada Carlinha por me teres ensinado também algumas das vozes dessa nossa musiquinha... =)

Enviar um comentário